Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

111 Palavras

Os dias contados em 111 palavras

Glória

por João Leal, em 13.02.17

Não sabe o seu nome. É revisor nos comboios da linha de Sintra e por isso ela vê-o de vez em quando. Lembra-se dele naquela festa em que a banda do Tonito atuou. Este rapaz, nesses finais dos anos 80, era o baixista. Conhecia-o também da escola, como membro da Associação de Estudantes, membro da elite de clube privado que passava as tardes a jogar snooker na sala do Pavilhão de Eletrotecnia cedida pelo Conselho Diretivo. Parecia mais feliz nessa altura. Baixo, magro, enfiado num uniforme cinzento debruado a verde que lhe assenta mal, agora o seu olhar parece o de alguém que viveu os seus dias de glória cedo demais.